Micro-Entrevista com o Josh Bell

X

Privacidade & Cookies

Este site utiliza cookies. Continuando, você concorda com o uso deles. Saiba mais, incluindo como controlar cookies.

Consegui!

JOSH BELL ensina na Universidade de Harvard e é o autor de No Planets Strike and Alamo Theory. Ele lecionou para os programas de MFA na Universidade de Columbia e na Universidade de Iowa e às vezes serviu como ligação de poesia para Cosmopolitan magazine.O poema de Josh Bell, “and a white Sow for Juno on Tuesday”, foi originalmente apresentado na edição 14.1, 2002.

Josh-Bell-1

Clique aqui para ver como um pdf.

seu poema, “and a white Sow for Juno on Tuesday”, foi apresentado pela primeira vez conosco na edição 14.1, 2002. Você pode nos contar um pouco sobre como sua escrita mudou desde então?

eu não acho que eu sou tão vertiginoso como eu costumava ser? Mas a mesma intenção épica, lá com Aquiles no poema Juno, ainda me segue.

se você pudesse voltar quando o problema saiu, que conselho você daria a si mesmo então?”Caro Josh”, eu diria, ” não é necessário usar todas as palavras no dicionário.”

qual a importância de se submeter a revistas literárias no início de sua carreira?

ser publicado na Sycamore Review foi tão importante para mim. Eu não tinha sido publicado muito então. Parecia uma confirmação de que eu estava fazendo a coisa certa.

quem você está lendo agora?

falando de intenção épica, acabei de” descobrir ” a tradução de Michelle Gil-Montero do longo poema de Valerie Mejer Caso, This Blue Novel. “O mar é a imagem cuspida dessa garota Adormecida / e nada como o Texas.”Caso é paciente e selvagem ao mesmo tempo e estou aprendendo muito com ela.

da edição 30.1

anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.